Após novo 7 a 1, Luxemburgo volta a ser assunto no Santos

O Santos sofreu seu segundo maior vexame na história do Campeonato Brasileiro, na última rodada, contra o Internacional. No Beira-Rio, a equipe foi derrotada por um placar de 7 a 1, igualando a marca de 2005, quando perdeu para o rival Corinthians com o mesmo placar.

O resultado do domingo manteve o Santos na zona de rebaixamento, com 30 pontos, acentuando ainda mais a difícil situação do time na competição.

O treinador Vanderlei Luxemburgo era o plano B da equipe cerca de um mês atrás, quando estava prestes a ser demitido do Corinthians, porém as conversas não avançaram. Conforme relatou o portal GOAL na ocasião, Vanderlei Luxemburgo recusou uma proposta do Santos quando ainda estava no comando do Corinthians.

O Santos fez uma oferta para contratá-lo logo após a demissão de Diego Aguirre em 15 de setembro passado, um dia após a derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro. Na época, Luxemburgo, com 71 anos, alegou que não deixaria o cargo no Parque São Jorge para trabalhar na Vila Belmiro, em respeito ao que havia combinado com o departamento de futebol do Corinthians.

No entanto, doze dias após tomar essa decisão, Vanderlei Luxemburgo foi informado de sua demissão do Corinthians. Um novo interesse pode surgir nos próximos dias devido ao desastre que foi o resultado da última partida do Peixe.

Semelhanças

Além do placar idêntico, o resultado de 18 anos atrás tem outras semelhanças. O clássico entre as equipes ocorreu em 6 de novembro de 2005, apenas 15 dias de diferença em relação à data do resultado. A partida aconteceu no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e logo aos 42 segundos do primeiro tempo, Rosinei marcou o primeiro gol para o Corinthians.

Pouco tempo depois, Geílson empatou para o Santos. No entanto, ainda no primeiro tempo, os donos da casa ampliaram sua vantagem no placar.

No intervalo, o Corinthians já tinha uma vantagem de 3 a 1 no placar. Ao final da partida, com a histórica goleada, que é frequentemente lembrada pela torcida como motivo de provocação em todos os clássicos contra o Santos, com faixas escritas “Eterno 7 x 1”, o Corinthians se aproximou da conquista do Campeonato Brasileiro.

O jornal ‘O Estadão’ destacou na manchete da edição do dia seguinte ao clássico a façanha do líder do campeonato: “Corinthians faz 7 x 1 e torcida grita campeão. Goleada sobre o Santos deixa o time mais perto do título a cinco rodadas do final”.

Além de Rosinei, Carlitos Tevez (três vezes), Nilmar (duas vezes) e Marcelo Mattos ampliaram a vantagem do Corinthians no estádio Paulo Machado de Carvalho. A reportagem do Estadão estabelece paralelos entre o resultado deste domingo, de outubro de 2023, e os eventos que se seguiram ao clássico de 2005, e também analisa o contexto que cercou a goleada histórica naquele ano.

Comentários estão fechados.