Athletico não perdoou e aplicou 5 a 0 no Corinthians pelo Brasileirão

O Corinthians entra em campo nesta quarta-feira (1º), diante do Athletico-PR. A partida, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, está marcada para às 19h, na Neo Química Arena. Assim, vale lembrar que há 19 anos, o clube paranaense venceu o Timão por 5 a 0, no Pacaembu, com gols do meia Jadson e do atacante Dagoberto. 

Na ocasião, Jadson abriu o placar aos 25 minutos após receber passe de Ilan dentro da área e finalizar forte no canto direito de Fábio Costa. Pouco depois, o meia entrou na área, deixou para trás a marcação e chutou cruzado para ampliar. O terceiro foi de Dagoberto, aos 35 minutos, ao invadir a área e bater no canto esquerdo do goleiro. 

No segundo tempo, aos 14 minutos, Jadson cobrou falta com força e precisão para a bola bater no travessão e terminar nas redes. O quinto e último veio com 40 minutos, quando Fernandinho cruzou, e Dagoberto completou livre. “Nesse jogo, contra uma grande equipe do Brasil, os meninos entram meio nervosos, mas as coisas fluíram naturalmente, conseguimos um entrosamento legal. Uma vitória que ficou marcada, muita gente lembra até hoje nas ruas. Foi muito especial.”, disse Jadson, em entrevista ao ge.

“No primeiro tempo, estava 3 a 0 já, a torcida começou a vaiar, protestar. Deu bastante problema, sobrou até para o Rincón. A torcida do Corinthians não tem meio termo. Ou é céu ou inferno”, completou. Lembrando que após o apito final, três torcedores invadiram o gramado do Pacaembu e tentaram agredir os jogadores. Nas arquibancadas, a torcida entrou em confronto com a Polícia Militar de São Paulo

Jadson sobre o atual momento do Corinthians 

“Está complicada a situação do Corinthians. A vitória contra o Cuiabá deu uma respirada, merecia vencer o Santos. Estou na torcida para que saiam e dê tudo certo. Tenho muitos amigos lá. O Athletico está brigando, indo bem. Tem grandes chances de pegar Libertadores. Vou assistir, que vença o melhor”, afirmou. 

Comentários estão fechados.