Atitude de torcedores deixa Fábio Santos com medo de uma tragédia no Corinthians

Em entrevista após o empate de 1 a 1 contra o Santos, torcedores do Corinthians protestaram nas arquibancadas da Neo Química Arena contra os jogadores alvinegros. Alguns cânticos foram com tom de ameaça, como “bando de c…, tem que ser homem pra jogar no Coringão” e “Ei, você aí! Acabo com sua vida se o Coringão cair”, entoados no setor norte do estádio.

O lateral Fábio Santos foi questionado sobre a atitude dos torcedores e condena as ações de alguns que participaram dos protestos. “Realmente tivemos um ano muito complicado, a gente sabe da cobrança do torcedor. Essa cobrança tem que ter um limite. O que a gente tenta é fazer com que as vitórias venham para a gente não ter esse tipo de cobrança e isso só vai acabar quando acontecer uma tragédia, disse o veterano.

Por fim, o atleta de 37 anos afirmou que o elenco do Corinthians já avisou aos torcedores de organizadas para não exagerarem nas cobranças para preservar a integridade física do elenco. “Estamos alertando faz tempo para que isso não aconteça, mas enquanto não tomarem as devidas precauções quanto a isso, realmente a gente está perto de presenciar alguma coisa muito grave“, finalizou.

Gaviões detonou arbitragem de Corinthians x Santos

Os protestos das torcidas uniformizadas se estenderam para o árbitro Anderson Daronco por suas atitudes questionáveis durante a partida. A Gaviões da Fiel, principal organizada do Timão, emitiu comunicado nas redes sociais afirmando que o clube foi prejudicado.

A principal reclamação foi o pênalti marcado nos minutos finais do jogo após dividida entre Bruno Méndez e Soteldo. O juiz deixou o jogo seguir, mas foi acionado pelo VAR. Logo após rever o lance, Daronco deu a penalidade máxima para o Santos. Outro lance citado foi um impedimento apitado sem intervenção de um assistente.

Ontem ficou evidente algumas vezes que o juiz nos prejudicou. Teve impedimento que o bandeirinha não deu mas o juiz sim. Teve um pênalti que não existiu, onde o próprio juiz diz que errou, pede desculpas e pode ser afastado. A nossa parte será sempre feita na arquibancada como fazemos desde 1910. Mas enxergamos também toda falha que está nos prejudicando dentro das 4 linhas e na diretoria medíocre do Corinthians“, disse a organizada.

Comentários estão fechados.