Bastidores: Augusto Melo e Rubão entram em divergência no Corinthians

O clima leve do Corinthians, construído principalmente depois da convincente vitória sobre o Nacional-PAR na Copa Sul-Americana, está prestes a ruir. Ao menos, nos bastidores, depois do presidente Augusto Melo e do executivo de futebol Rubens Gomes entrarem em rota de colisão.

De acordo com o portal ‘Meu Timão’, a dupla já não tem boa relação e há, inclusive, um ‘climão’ entre os dois dirigentes. Evitando qualquer tipo de contato, Augusto e Rubão não fazem mais questão de participar de eventos ou reuniões em conjunto. O que, há poucos meses, era inimaginável.

Climão entre Augusto Melo e Rubão não afetará jogadores

Muito unidos durante toda a campanha política para eleger a gestão de Augusto Melo à presidência do Timão, acabando com a hegemonia de 16 temporadas da chapa ‘Renovação & Transparência’, Augusto Melo e Rubão quase não possuem mais relação pessoal, e quase profissional.

Tudo isso, de acordo com a apuração do ‘Meu Timão’, por conta dos erros cometidos pela direção de futebol do clube nesta temporada – o que não foi bem visto e aceito pelo presidente do Corinthians. Dentre os possíveis casos, estão a quase não contratação de Matheuzinho, a saída repentina de Matías Rojas, além do jeito sincerão de Rubão em conversas com a imprensa.

Dono de uma personalidade bastante forte, Rubens Gomes ainda é figura presente na rotina do elenco no CT do Parque São Jorge. Mas, isso tende a diminuir nos próximos dias. As tomadas de decisão, aliás, já passaram para outras mãos – como as de Fabinho Soldado (executivo de futebol) e Fernando Alba (diretor adjunto).

Comentários estão fechados.