Cássio analisa e faz retrospectiva do Corinthians em 2023

O goleiro Cássio sofreu mais um golaço na temporada, desta vez com um chute à distância de Helinho que acertou o ângulo na vitória do Bragantino sobre o Corinthians na 32º rodada do Brasileirão. O goleiro lamentou o resultado, fez um desabafo sobre a constante troca de treinadores no clube e avaliou a derrota.

O Corinthians não conseguiu conter as investidas do clube de Bragança Paulista em nenhum momento na partida do último domingo, acumulando a terceira derrota consecutiva para a equipe do interior em três jogos em 2023.

No Campeonato Paulista, Fernando Lázaro dirigiu a derrota por 1 a 0 em Bragança, enquanto Vanderlei Luxemburgo também comandou a equipe na derrota pela 13ª rodada do Brasileirão, em São Paulo.

Reflexões

“Difícil analisar esse ano. Essas três derrotas foram com três treinadores diferentes. Quando perde uma, duas partidas o treinador já não presta…”

“Outras equipes aí têm o planejamento de ter um treinador a longo prazo. Aqui com tudo que apresentamos no ano, temos que saber, um treinador é difícil de pegar esse time e mostrar consistência o ano todo. Temos um grande treinador agora que é o Mano, e vamos dar sequência”, desabafou Cássio em entrevista na zona mista do estádio Nabi Abi Chedid.

O gigante corinthiano também falou da pressão de jogar no Corinthians especialmente num ano desafiador como está sendo 2023;

“É lógico que no final do ano, sem títulos, jogar no Corinthians e não ganhar títulos a pressão aumenta. Situação de meio de tabela. Tudo pesa. Não conseguimos a vitória”, avaliou Cássio.

Comentários estão fechados.