Cássio gera influência e Corinthians tem novo destaque no gol

Matheus Corrêa, da categoria Sub-17 do Corinthians, ganhou destaque ao defender quatro pênaltis na semifinal do Campeonato Paulista da categoria, garantindo a classificação do time para a final. O que poucos sabem é que a trajetória do jovem, nascido em 2006, poderia ter sido diferente.

Até 2023, ele não era um dos mais destacados na base e assumiu a titularidade devido à lesão de Cauã Vasconcellos. Nelcirio Franck, preparador de goleiros da categoria, revelou em entrevista ao Meu Timão que foi ele quem apostou em Matheus Corrêa.

“O Matheus era um goleiro que, no Sub-17, poucas pessoas acreditavam. Foi um goleiro em quem apostei muito, mesmo indo contra muitas pessoas de dentro do clube que achavam que ele não iria conseguir suportar…”

“Não que não acreditassem no potencial, mas naquele momento achavam que ele não conseguiria suportar a demanda que teríamos pela frente, de Brasileiro e Paulista. Foi curioso porque ele evoluiu muito! Amadureceu absurdamente. Acho que em toda a minha carreira como preparador de goleiros nunca vi um atleta amadurecer tão rápido e tão positivamente quanto o Matheus”, relata.

Ajuda de Cássio

Matheus Corrêa está no Corinthians desde os nove anos, chegando ao Sub-17 em 2022. Naturalmente, pouco atuou no primeiro ano de categoria, somente pulando em 2023 como falado anteriormente.

“Muitos fatores (da evolução). Dele, da responsabilidade… Ele é de uma origem muito humilde, então acho que ele se pressionava para dar uma vida melhor à família. Quando comecei a entender isso fui ajudá-lo. O Cássio ajudou ele demais, com luvas, e até conseguindo o patrocínio de luvas para ele”, conta Nelcirio.

Comentários estão fechados.