Corinthians inaugura busto de ídolo do basquete

O Corinthians inaugurou o busto de um ídolo do basquete na manhã desta quinta-feira (9), em frente ao ginásio que leva seu nome, dentro do Parque São Jorge. Trata-se de Wlamir Marques. Conhecido como “Diabo Loiro”, ele chegou ao Corinthians em 1964 e ficou no clube paulista até 1971. No período, conquistou diversos títulos

O evento contou com a presença do presidente Duilio Monteiro Alves e do diretor de esportes terrestres Carlos Henrique Ros Salas, além do próprio Wlamir Marques. Embaixo do busto, há uma placa indicando as conquistas do ídolo corintiano e uma breve celebração: “estou em casa”. 

De 1964 até 1971, Wlamir conquistou três vezes o Campeonato Brasileiro da modalidade e três vezes o Sul-Americano, além de cinco Paulistas e sete Paulistanos. Pela Seleção, conquistou os Mundiais de 1959 e 1963, em que foi eleito o melhor do torneio. Também atuou nos Jogos Olímpicos de 1956, 1960 e 1964.

Ao encerrar sua carreira, chegou a virar técnico e comandar o Corinthians, mas sem tanto sucesso. Ainda assim chegou como ídolo e em 2016 teve seu nome inserido no ginásio do clube. Recentemente, a Fiba, entidade máxima do basquete mundial, colocou Wlamir no Hall da Fama do esporte.

Próximo jogo do time de basquete do Corinthians 

Nesta quinta-feira (9), o Corinthians enfrenta o Bauru, no Ginásio Panela de Pressão, às 19h30, pelo quarto compromisso na atual edição do Novo Basquete Brasil (NBB). Até o momento, o clube do Parque São Jorge disputou três partidas, sendo todas elas fora de casa. O retrospecto é de duas vitórias (Brasília e Cerrado) e uma derrota (Franca). 

O confronto diante do Bauru encerra a sequência de quatro jogos seguidos do Corinthians como visitante. O Bauru, por sua vez, já disputou quatro partidas no torneio, sendo duas como mandante e duas como visitante. Em casa, o Bauru segue com 100% de aproveitamento.

Comentários estão fechados.