Corinthians terá reta final de Brasileirão assombrosa

O Corinthians enfrenta, de fato, a ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro? Ou a tabela apresenta um cenário favorável na luta para se distanciar do Z-4? Essas questões têm preocupado a torcida. Atualmente com 41 pontos e na 14ª posição, o Timão está a quatro pontos do Cruzeiro, que tem dois jogos a menos e ocupa a primeira posição dentro da zona de rebaixamento.

O empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, em casa, fez com que o Corinthians fosse ultrapassado pelo Santos, que possui a mesma pontuação e duas vitórias a mais. Além disso, deixou o Timão à frente apenas de dois concorrentes fora da zona de rebaixamento: Bahia e Vasco, ambos com 37 pontos, sendo que o time carioca tem um jogo a menos.

O próximo desafio do Corinthians é contra o Grêmio, fora de casa, no domingo, às 16h. O Grêmio, que se firma como candidato ao título, venceu o Botafogo na quinta-feira. Após a pausa para a Data Fifa, o Corinthians terá dois confrontos diretos: em casa contra o Bahia, no dia 25, e fora, contra o Vasco, em São Januário, no dia 28.

Mano faz projeção

Durante sua coletiva de imprensa, o técnico mostrou preocupação com o assunto, mas tem evitado transmitir aos torcedores e jogadores uma pressão adicional nesta fase decisiva.

“Quando vai jogar na parte de baixo da tabela e tem a história que tem o Corinthians, sempre vai existir pressão diferente da que é para conquistar título. Por isso, precisa saber enfrentar esse momento com experiência, firmeza, o comandante tem que segurar o leme nessa hora com força para as coisas seguirem e não tomarem o caminho que vocês falaram antes”, disse o treinador.

Comentários estão fechados.