Cuiabá tem 5 cartas na manga e pode aplicar lei contra o Corinthians

Para a próxima partida do Brasileirão, o Corinthians corre o risco de sofrer com a “Lei do ex” no confronto contra o Cuiabá, válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão terá um reencontro com cinco jogadores que já vestiram a camisa alvinegra na partida marcada para as 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira, na Arena Pantanal.

No total, o Cuiabá conta com seis jogadores que já tiveram passagens pelo time principal do Corinthians: Walter, Matheus Alexandre, Marllon, Uendel, Clayson e Jonathan Cafú. No entanto, Jonathan Cafú, por questões contratuais, não poderá entrar em campo nesta quarta.

O goleiro Walter chegou ao Corinthians em 2013 e deixou o clube no início de 2021, após contribuir para a conquista de dois títulos brasileiros (2015 e 2017) e um Campeonato Paulista (2019). Embora tenha sido reserva de Cássio na maior parte desse período, Walter atuou em 91 jogos, sendo titular em 80 deles.

O lateral direito Matheus Alexandre foi adquirido pelo Corinthians em 2019, mas não teve oportunidades no clube, passando por empréstimos em equipes como Ponte Preta, Inter de Limeira e Coritiba, antes de se transferir para o Cuiabá no início desta temporada.

O zagueiro Marllon foi contratado pelo Corinthians no primeiro semestre de 2018 e teve uma passagem discreta pelo clube, saindo no início de 2021. Ele atuou em 34 partidas pelo Timão, sendo titular em 25 delas, e fez parte do time campeão do Campeonato Paulista em 2019.

O lateral esquerdo Uendel desempenhou um papel importante na conquista do título brasileiro de 2015 e, ao todo, participou de 115 jogos com a camisa do Corinthians, sendo titular em 108. Ele chegou ao clube em 2014, durante a gestão de Mano Menezes, e deixou o Timão no final de 2016, transferindo-se para o Internacional. Uendel se recuperou de um choque na cabeça e deve ser uma opção no banco de reservas no duelo desta quarta-feira.

Por sua vez, o atacante Clayson teve uma passagem bem-sucedida pelo Corinthians, conquistando dois títulos paulistas (2018 e 2019) e um título brasileiro (2017). Ele disputou um total de 143 jogos com a camisa corintiana, marcando 14 gols durante esse período.

O Cuiabá atualmente ocupa a 11ª posição no Brasileirão, somando 37 pontos em 28 jogos disputados. Sob o comando do técnico António Oliveira e com jogadores experientes no futebol brasileiro, a equipe tem como objetivo permanecer na Série A e, quem sabe, buscar uma vaga na próxima Copa Sul-Americana.

Cobrança de Mano

O treinador Mano Menezes está ciente da quantidade de pontos que o Corinthians precisa somar para evitar o rebaixamento, mas sua prioridade é elevar o desempenho da equipe, proporcionando mais confiança e evitando que a preocupação com a possível queda para a Série B cause desespero.

O treinador reconhece que o Timão conta com vários jogadores de bom nível técnico e acredita que a equipe tem potencial para apresentar um desempenho muito superior. Jogadores como Fágner, Renato Augusto e Rojas não têm conseguido manter o mesmo nível de atuação que demonstraram anteriormente.

Mano Menezes ficou satisfeito com o desempenho no primeiro tempo do empate em 3 a 3 contra o Fluminense no Maracanã, porém, o empate em 1 a 1 diante do América-MG, lanterna do campeonato, na Neo Química Arena, foi decepcionante.

O Corinthians enfrentou muitas dificuldades e só conseguiu igualar o placar no último lance, graças a um gol de Giuliano. O treinador está buscando melhorar a consistência da equipe e recuperar a confiança dos jogadores para enfrentar o desafio da permanência na Série A com mais segurança.

Comentários estão fechados.