Daniel Alves comemora vitória na Justiça e vai reembolsar R$ 16 milhões

O ex-jogador Daniel Alves entrou com uma ação contra o Tesouro Nacional. A Justiça da Espanha, no entanto, considerou que o ex-atleta declarou corretamente os valores relativos aos direitos de imagens recebidos no período em que ele atuou pelo Barcelona. 

Dessa forma, Daniel Alves tem direito a receber a restituição de 3,2 milhões de euros (cerca de R$ 16,8 milhões), conforme o jornal Marca. O Tesouro começou a investigar o ex-jogador em 2014 pela tributação dos seus direitos de imagem. 

A Justiça analisou as transferências para a imobiliária Cedro Sports, da qual detinha 51% das ações e os 49 % restantes estavam em nome de sua ex-esposa, Dinorah Santana. Em 2008, Daniel cedeu os seus direitos de imagem à Cedro Sports na quantia de 1,6 milhões de euros. Nesse mesmo ano, o Barcelona pagou parte do salário do lateral-direito através da empresa.

Assim, a Agência Tributária considerou que os lucros obtidos com a exploração destes direitos de imagem deveriam ser computados como mais-valias, de acordo com a legislação fiscal das sociedades. Por outro lado, a defesa de Daniel argumentou que o salário estava de acordo com a lei.

Atual situação de Daniel Alves 

O ex-lateral da Seleção Brasileira será julgado pelo crime de agressão sexual a uma jovem de 23 anos em uma boate de Barcelona, conforme definiu a Justiça. A data do julgamento de Daniel Alves será marcada em breve. O caso ocorreu no dia 30 de dezembro de 2022. Porém, Daniel Alves só foi preso algumas semanas depois, em 20 de janeiro deste ano.

Comentários estão fechados.