Dívida de Jô pode fazer com que o Timão fique impedido de contratar?

Jô pode seguir causando problemas ao Corinthians. Mesmo depois de rescindir seu contrato, o centroavante tem sido uma dor de cabeça para o alvinegro, que agora lida com uma dívida milionária e o risco de não poder contratar jogadores.

Isso, porque em 2020, o atacante rescindiu seu contrato com o Nagoya Grampus, do Japão, por justa causa. O clube oriental se defendeu alegando que o jogador não cumpriu com a agenda estipulada e, portanto, o rompimento foi unilateral. Pouco tempo depois, o Timão anunciou a contratação do camisa 77.

Então, a Corte Arbitral do Esporte (CAS) determinou que os japoneses tiveram razão no caso o que gerou um débito de 2,6 milhões de dólares (cerca de R$ 13,7 milhões) – valor estipulado pela FIFA. A dívida inicialmente era do jogador, mas passou a ser do Corinthians por ter atuado como parte solidária ao contratar o atleta.

A entidade estipulou um prazo de 45 dias para quitação do valor, o que não aconteceu. O montante pode ser pago tanto pelo jogador, quanto pelo clube. De acordo com o UOL, as partes envolvidas tentam um acordo.

O maior medo do Corinthians, além de ser impedido de contratar, é o aumento da dívida. A quantia acompanha a variação do dólar, ou seja, caso o preço da moeda estrangeira suba, a soma irá aumentar.

Duílio Monteiro Alves, presidente do Timão, tem sido um dos interlocutores da negociação. O dirigente quer convencer o Nagoya Grampus a parcelar o valor, ao invés de pagar a vista, como estava previsto na decisão da FIFA.

Mercado do Corinthians

Com algumas saídas e chegadas o Timão segue ativo no mercado. Buscando vender jogadores para arrecadar fundos e contratando peças para repor e compor o elenco de Vitor Pereira o clube já tem algumas confirmações.

João Victor já deixou o clube e assinou com o Benfica, de Portugal. A negociação rendeu oito milhões de euros aos cofres alvinegros.

Gustavo Mantuan e Iván também deixaram a equipe. Ambos foram envolvidos na negociação de Yuri Alberto e defenderão o Zenit, da Rússia, por empréstimo, até julho de 2023.

Em compensação, o Corinthians contratou o centroavante Yuri Alberto e repatriou o zagueiro Fabián Balbuena. Outro que chega é o volante Fausto Vera, vindo do Argentino Juniors. O jogador de 22 anos foi um pedido do técnico Vitor Pereira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.