Gustavo Mosquito faz pedido urgente e trava renovação com o Corinthians


Sem jogar por boa parte d temporada devido a séria lesão, Gustavo Mosquito pediu e o Corinthians ainda não registrou o novo contrato do atacante na CBF. Embora o clube tenha um pré-contrato assinado com o atacante há muito tempo, esse documento ainda não foi oficialmente registrado na entidade brasileira. No entanto, o Corinthians não corre o risco de perder o atleta.

A decisão de não registrar o novo contrato ainda nesta temporada foi um pedido do próprio jogador, que está em litígio com seu antigo empresário, Carlos Leite. Foi o próprio jogador, sem seu agente, que negociou o novo acordo com o clube.

O contrato de agenciamento é válido até abril, e, por conta disso, o empresário espera receber sua parte pela renovação.

Mosquito assinou contrato com o Timão até meados de 2026. Na CBF, o contrato do atacante com o Corinthians segue válido apenas até 31 de dezembro deste ano. Contudo, dentro do clube, já existe um acordo para que o novo vínculo seja registrado no início de 2024.

Pré-contrato

Até o momento, o que foi assinado pelo atacante é um pré-contrato. Apesar disso, não há grandes preocupações por parte do clube em relação a uma quebra de vínculo, pois há uma multa alta prevista para uma quebra unilateral.

Além disso, com o pedido feito pelo jogador, o Corinthians não precisa pagar os valores de luvas prometidos a partir desta temporada.

Desde seu retorno aos gramados, Gustavo Mosquito participou de 14 partidas e marcou um gol, contra o Cruzeiro. Ele sofreu uma lesão ligamentar no joelho direito em outubro de 2022 e perdeu boa parte da atual temporada.

Comentários estão fechados.