Jogador largou os gramados para reforçar o futsal do Corinthians

O Corinthians possui um jogador na equipe de futsal do Timão que começou sua carreira diferente da maioria dos jogadores. Enquanto a maioria começa na modalidade e segue para o futebol de campo, ele fez o contrário. Trata-se do ala Tatinho. Ele ingressou no futsal apenas em 2016, quando já tinha 22 anos e até uma carreira profissional e internacional nos gramados. 

Pelo futebol de campo, Tatinho chegou a jogar no Japão, onde foi campeão da segunda divisão da J-League, em 2012, atuando pelo Ventforet Kofu. “Tive uma passagem muito boa pelo Japão. A experiência foi sensacional. Hoje, eu olho para trás e vejo que foi maravilhoso ter feito parte daquele elenco”, contou. Porém, ele abandonou os gramados quando se envolveu em problemas com seus empresários.

“Na época, eu tive problemas particulares com os meus empresários e tive que voltar ao Brasil. Fiquei meio desiludido com o futebol. Fiquei alguns anos sem jogar”, explicou. Afastado do campo, surgiu uma oportunidade de jogar futsal. “Meu amigo que hoje é presidente do Dracena montou o time e me chamou para fazer parte desse projeto em 2016.”, contou Tatinho. 

“Eu aceitei e de lá pra cá só foi um sucesso na minha vida. A mudança é um pouco complicada, a tendência é ir do futsal para o campo, a minha foi o contrário. No começo, eu senti um pouco de dificuldade, no futsal é bem diferente, é muito rápido, muito dinâmico”, disse.

Trajetória de sucesso no Corinthians 

Cinco anos depois da estreia no Dracena, onde também fez muito sucesso, Tatinho estava vestindo a camisa do Corinthians. “O Corinthians mudou muita coisa na minha vida, foi o clube que me abriu as portas, que me colocou no cenário nacional. Eu sou muito grato ao clube. O Corinthians para mim é tudo, tenho uma gratidão eterna”, afirmou. 

Pelo Timão, ele também realizou outros dois sonhos: ser campeão da Liga Nacional no ano passado e vestir a camisa da Seleção Brasileira. Tatinho representou o país na Copa das Nações em setembro. “Minha história no Corinthians é maravilhosa, a pessoa que eu sou hoje, devo muito ao Corinthians, que me abriu as portas para poder mostrar meu trabalho até chegar na seleção. O clube me deu a chance de ir para a seleção e de ser campeão”, analisou.

O Corinthians também revelou Tatinho para o futsal europeu. Vale destacar que ele já tem um acerto para defender o Sporting, de Portugal, a partir do início do próximo ano. O camisa 2 evita falar sobre a negociação. Isso porque, no momento, o foco é conquistar mais uma Liga Nacional pelo Timão.

“Eu procuro aproveitar e desfrutar ao máximo. O futuro não pertence a nós. Toda vez que entro em quadra para representar o Corinthians, eu dou meu máximo, porque esse clube é maravilhoso. O futuro a Deus pertence, hoje tenho contrato com o Corinthians até o fim do ano e chegamos muito fortes pelo título da LNF”, completou.

Comentários estão fechados.