Jogador que vale R$ 563 milhões deve ser vendido com 60% de desconto pelo Corinthians

Que o garoto Wesley será vendido pelo Corinthians no máximo até o meio da próxima temporada, todo mundo já sabe. Agora, o valor de sua negociação ainda é uma grande incógnita. Isso, porque enquanto Augusto Melo não pretende liberar o jogador por menos de 30 milhões de euros (cerca de R$ 169 mi), a multa rescisória do atacante é de 100 milhões de euros (R$ 563 mi).

Vale lembrar que o clube já negou algumas ofertas recebidas pelo estafe do atleta, principalmente de West Ham, da Inglaterra, e Borussia Dortmund, da Alemanha. O clube alemão, agora, é quem parece estar mais perto de contratar o jogador alvinegro. De acordo com o portal ‘UOL Esporte’, os Auri-Negros estão dispostos a pagar 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 113 mi, na cotação atual).

Com os dias contados no Timão, Wesley pode ‘render ‘salvar’ a temporada do clube

Com contrato válido até o fim de 2027, e protegido por uma alta multa rescisória, o Corinthians não tem pressa para negociar Wesley. Dono de ‘apenas’ 70% dos direitos econômicos do jogador, o Timão estaria disposto a vender sua joia por algo entre 25 e 30 milhões de euros – a proposta que chegou mais perto disso, a princípio, foi do West Ham, de 18 milhões, prontamente negada pelo clube.

Se antes o presidente Augusto Melo batia o pé para que a venda ocorresse somente pela multa prevista em contrato, agora o mandatário alvinegro busca ao menos igualar os valores de seu principal rival, nas negociações recentes envolvendo Endrick e Estêvão (ambos com menos de 18 anos, no momento em que o acerto foi firmado).

Com Wesley no time titular, o Corinthians volta a campo na noite desta terça-feira (28), às 19h (de Brasília), pela Copa Sul-Americana. Precisando vencer para avançar às oitavas do torneio continental, o Timão recebe a equipe do Racing, do Uruguai, na Neo Química Arena. O duelo é válido pela última rodada do Grupo F da competição internacional.

Comentários estão fechados.