Jogo maluco do Corinthians: meia desmaia e goleiro pega quatro pênaltis seguidos

O Corinthians entrou em campo na última terça-feira (24), para encarar o Red Bull Bragantino no jogo de volta da semifinal do Campeonato Paulista Sub-17. O Timão conseguiu a classificação nos pênaltis, com o goleiro defendendo quatro vezes seguidas. Uma situação, no entanto, chamou atenção no jogo, antes das penalidades, envolvendo o meia Dieguinho.

Após o fim da partida, onde o Timão acabou derrotado por 2 a 0, o meia Dieguinho acabou sofrendo um pico de ansiedade. Com isso, teve que ser retirado do gramado da Fazendinha pela comissão técnica do Corinthians. Segundo o clube paulista, ele chegou a desmaiar e precisou ser encaminhado ao hospital, mas já passa bem.

Dieguinho começou a agir estranho pouco tempo antes das cobranças de pênaltis serem iniciadas. Ele cumprimentou a equipe de arbitragem e os adversários, momento em que gerou uma pequena confusão. Para acalmá-lo, alguns jogadores do Corinthians afastaram o atleta, que tentou escapar de seus companheiros com dribles de corpo. Na sequência, o jovem se encaminhou para o banco de reservas, onde voltou a agir de forma diferente. 

Depois, o jogador pôde ser visto sendo carregado por membros da comissão técnica, quando chegou a cair após desmaiar. As imagens foram registradas pela Corinthians TV. A explicação do caso aconteceu após a classificação, quando o treinador Guilherme Dalla Déa falou, em entrevista, que o jogador acabou tendo um pico de ansiedade, gerado pela “pressão” em grandes clubes de futebol, mesmo nas categorias de base.

O treinador também afirmou que o assunto é uma de suas principais preocupações. “Que a gente consiga mostrar pra ele que o futebol é prazer. O Corinthians tem a pressão, mas nessa idade eles têm que desfrutar um pouco mais e tem hora que eu me cobro muito essa questão: ‘pô, será que eu estou exigente demais com esses atletas?’. O doutor falou que é parte psicológica, não falo um surto, mas aquele pico de adrenalina que deu nele. Agora ele já está melhor e que a gente consiga recuperá-lo para que ele consiga fazer dois grandes jogos na final”, disse.

Apesar desse momento de preocupação com o jogador do Corinthians, o elenco precisou ficar nas penalidades e garantir a classificação para a final do Paulistão. O destaque da partida foi o goleiro Matheus Corrêa, herói da noite, que defendeu quatro penalidades em sequência. Por fim, o Timão avançou de fase com vitória por 4 a 3 nos pênaltis.

No primeiro tempo, o Corinthians sofreu um gol logo cedo, em cobrança de pênalti, e precisava se segurar a partir disso para não perder a vantagem conquistada na partida de ida. O Bragantino criou as melhores chances e obrigou o goleiro Matheus Corrêa a fazer diversas defesas. No segundo tempo, o Bragantino continuou criando mais do que o Timão, que estava recuado. Na reta final, o clube adversário marcou o segundo gol e empatou o placar agregado, levando a disputa para as penalidades.

Agenda do Timãozinho

Agora, após a classificação para a final do Campeonato Paulista Sub-17, o Corinthians aguarda o vencedor de Palmeiras e São Paulo no outro jogo da semifinal do torneio estadual, para conhecer seu próximo adversário na competição. Os jogos de ida e volta da final estão previstos para ocorrer nos dias 28 de outubro e 4 de novembro.

Comentários estão fechados.