Lista de dispensas do Corinthians só aumenta e apenas 20 jogadores podem ficar para 2024

Com a reformulação do elenco sendo a pauta principal nos bastidores do Corinthians para o ano de 2024, o clube pode começar a temporada de 2024 com um elenco profissional composto por apenas 20 jogadores.

Com dez contratos prestes a expirar no final do ano, o Timão precisará buscar reforços no mercado ou recorrer às suas categorias de base para aumentar seu plantel, uma vez que pode enfrentar dificuldades até mesmo para completar o banco de reservas no Campeonato Brasileiro.

A virada da temporada marcará o término dos contratos de jogadores como Fábio Santos, Gil, Bruno Méndez, Renato Augusto, Paulinho, Giuliano, Cantillo, Maycon, Ruan Oliveira e Gustavo Silva. Dentre esses, apenas o último já possui a renovação de contrato em andamento.

Até o momento, Mano Menezes relata que não foi envolvido nas discussões relacionadas às renovações de contrato dos jogadores. Além disso, o contexto eleitoral que o Corinthians enfrentará no final de novembro também impacta essas negociações.

O setor mais afetado com o término dos vínculos contratuais é a defesa. O Corinthians pode começar o ano de 2024 com apenas Lucas Veríssimo e Caetano, sendo que o primeiro terá contrato válido por seis meses e o segundo por um ano.

Dentre os jovens jogadores, apenas alguns devem receber uma atenção mais detalhada por parte da comissão técnica de Mano Menezes. Aqueles que já ultrapassaram a idade limite do Sub-20, como João Pedro, incluem Ryan Gustavo, Arthur Sousa e Higor como candidatos a uma vaga no time principal.

Os atletas que ficarão no clube de certo até agora são os goleiros: Cássio, Carlos Miguel e Matheus Donelli, os laterais: Fagner, Léo Mana, Rafael Ramos e Matheus Bidu, os zagueiros Lucas Veríssimo e Caetano, os meias Fausto Vera, Roni, Matheus Araújo, Gabriel Moscardo, Guilherme Biro e Matías Rojas e os atacantes Romero, Yuri Alberto, Felipe Augusto, Giovane e Wesley.

Alívio salarial

A saída dos jogadores cujos contratos se encerram pode representar um alívio financeiro considerável na folha salarial do clube para o ano de 2024.

Atualmente, a folha salarial do Corinthians é próxima a R$ 18 milhões por mês, e o clube possui dez jogadores com contratos programados para encerrar em dezembro: os defensores Gil e Bruno Méndez; o lateral Fábio Santos; os meias Maycon, Paulinho, Cantillo, Renato Augusto, Ruan Oliveira e Giuliano; além do atacante Gustavo Mosquito.

A economia será de cerca de R$ 5 milhões se as saídas se confirmarem. Esse montante representaria uma redução significativa de 27% na folha salarial do alvinegro. Informações dão conta que Gil, Fábio Santos, Cantillo, Giuliano e Ruan Oliveira não continuem no clube em 2024.

A única negociação em andamento para a renovação de contrato é a de Bruno Méndez. A intenção é entregar o contrato renovado com o jogador à próxima administração, mas as negociações ainda não avançaram, e clubes como Flamengo e Internacional tem interesse no zagueiro.

Houve conversas iniciais com Renato Augusto para estender seu contrato, mas o desejo do jogador de atuar até 2025, a chegada de Mano Menezes e as incertezas no cenário político do Corinthians interromperam as negociações.

Como Paulinho ainda se recupera de uma lesão no ligamento do joelho esquerdo, o Corinthians deverá estender o contrato com o jogador pelo menos até o final de seu processo de recuperação.

Comentários estão fechados.