Urgente: Andrés Sánchez pode retornar ao comando do Corinthians

O Corinthians, enfim, entrou na temida semana das eleições. Apesar da felicidade pelo término da gestão Duílio, a torcida do Timão vive a incerteza em relação ao futuro. André Negão (Situação) e Augusto Melo (Oposição) disputam o cargo mais alto no Parque São Jorge com ideias muito diferentes entre si.

Na própria escolha de Mano Menezes, por exemplo, para assumir o comando técnico do Corinthians houve divergência. Augusto Melo, que nem foi consultado por Duílio durante a negociação, discorda veemente do retorno do treinador, pois pensa em um trabalho a longo prazo à beira do gramado. André Negão já via o comandante como possível alternativa caso Vanderlei Luxemburgo permanecesse no Timão até o término de 2023.

De volta?

A semana do Corinthians, então, dificilmente terá pautas tão quentes fora dos bastidores e a mais nova é em relação a André Negão. O candidato da Situação, de acordo com o jornalista Marcelo Braga, teria confirmado a escolha de Andrés Sánchez como dirigente de futebol se vencer as eleições.

O contrariado ex-Presidente retornaria ao Corinthians depois de sair pela porta dos fundos. Andrés Sánchez foi mandatário do Timão em três oportunidades (duas consecutivas entre 2007 e 2011 e outro entre 2018 e 2021) e não esconde qual foi a pior das passagens.

Em entrevista ao canal Camisa 21, Andrés Sánchez afirma que o terceiro mandato deixou a desejar, especialmente, porque delegou muitas atividades. “No futebol, quanto menos você delegar, melhor. E o mundo mudou muito, o clube, os níveis de cobrança, exigência.”

Foco na Presidência

As eleições do Corinthians estão marcadas para sábado (25) e, até por isso, a rodada do Brasileirão foi antecipada à sexta-feira. O Timão enfrenta um dos concorrentes diretos na briga contra o rebaixamento, o Bahia, a partir das 21 horas da sexta-feira, na NeoQuímica Arena.

Comentários estão fechados.